SOMOS INPORTUGAL WE ARE INPORTUGAL

Atualizado: 8 de Jul de 2019

Com o IN PORTUGAL queremos materializar a “moda” em algo se seja palpável e que possa significar mais e melhor emprego, mais e melhores negócios, entre Residentes que queiram investir lá fora e Não Residentes que queiram investir cá dentro.

Que Portugal está na moda, já todos nós nos cansamos de ouvir ser repetido vezes sem conta nos media Portugueses e Estrangeiros, mas o que significa isso na melhoria do bem-estar e no aumento da qualidade de vida dos Portugueses?


Com o IN PORTUGAL queremos materializar a “moda” em algo se seja palpável e que possa significar mais e melhor emprego, mais e melhores negócios, entre Residentes que queiram investir lá fora e Não Residentes que queiram investir cá dentro.

Nesse sentido e aproveitado a experiência de quem, cria e constrói e tem experiência nacional e internacional na gestão de empresas, fomos capazes de reunir um conjunto de gestores e empresários que pretendem construir um fórum que reúna o que de melhor sabemos fazer para partilhar e criar parcerias que possibilitem a criação de novas ligações empresariais.


Queremos com a revista e com o fórum anual, atrair um número de pessoas suficiente que permita criar o tal ecossistema positivo, queremos atrair executivos / empresários / entrepreneurs com um único foco – criar riqueza.

É por isto – e muito mais – que queremos por todos a falar no IN PORTUGAL. Se o evento é importante para todos os que nele participam, aquilo que pode significar para Portugal no geral tem ainda mais apelo.


A ideia de que Portugal é o novo ‘centro quente’ mundial ganhou forma deste que eventos como o Web Summit resolveram mudar-se de armas e bagagens para Portugal - agora há que ir ao concreto, à designada economia real e materializar e dar corpo aos projetos que podem e devem ser desenvolvidos.


Se no passado demos “novos mundos ao Mundo”, aproveitar o Capital Humano e intelectual dos nossos expatriados, e dos estrangeiros a residir em Portugal, pode ser um importante contributo para criar novos “mundos” de – conhecimento e inter-relação que são o foco de desenvolvimento e riqueza.

Queremos que os nossos fóruns – Revista e o Forum Empresarial, criem essas ligações para que se possam desenvolver essas oportunidades.


INPortugal TEAM


** **

That Portugal is fashionable, we all get tired of hearing repeated times over and over in the Portuguese and Foreign media, but what does this mean in improving well-being and increasing the quality of life of the Portuguese?


With IN PORTUGAL we want to materialize the "fashion" into something if it is palpable and that can mean more and better jobs, more and better deals, between Residents who want to invest outside and Non Residents who want to invest in it.


In this sense, we have been able to gather together a group of managers and entrepreneurs who want to build a forum that brings together the best we can do to share and create partnerships that enable the creation of new business links.

We want the magazine and the annual forum to attract enough people to create such a positive ecosystem, we want to attract executives / entrepreneurs / entrepreneurs with a single focus - to create wealth.


This is why - and much more - we want to speak for everyone in IN PORTUGAL. If the event is important to all who participate in it, what can mean for Portugal in general has even more appeal.


The idea that Portugal is the new 'hot center' of the world has taken shape in what events like the Web Summit have decided to move arms and luggage to Portugal - now we have to go to concrete, the so-called real economy and materialize and projects that can and should be developed. If in the past we have given "new worlds to the World", taking advantage of the Human and Intellectual Capital of our expatriates, and of the foreigners residing in Portugal, can be an important contribution to creating new "worlds" of knowledge and focus of development and wealth.


We want our forums - Magazine and the Business Forum to create these links so that these opportunities can be developed.


INPortugal TEAM


0 visualização
0CARRINHO
Quem somos