DIFFERENT STYLE – DIFFERENT BUSINESS Entrevista com Tim Vieira

Atualizado: Jul 2



Nesta edição da INPortugal Business & People Magazine fomos conhecer quem é Tim Vieira –  a cara de vários projetos internacionais, numa conversa com muito boa disposição e energias positivas; Timothy Alexander Vieira, mais conhecido por Tim Vieira, nasceu a 18 de julho de 1975 em Joanesburgo, na África do Sul. Estudou gestão/Administração de Empresas, na Universidade de África do Sul (UNISA), formação que interrompeu para criar o seu próprio negócio em 1993, uma cervejaria, na África do Sul, onde fabricou uma das primeiras cervejas independentes daquele país. Frequentou o Executive Program na Chicago BOOTH School, em Londres.


INPM»  Recuamos no tempo, até aos seus 15/16 anos, quando começou por alugar cassetes vídeo VHS e Beta, até aos dias de hoje, sabe dizer em quantos negócios já investiu? Tim Viera» Foram tantos que para ser sincero já não consigo ter a certeza do número, mas posso dizer que passa dos 100! Para mim, mais importante do que estar atento ao número de investimentos é experimentar, é tentar, naquilo que acredito que pode resultar. Não gosto de ficar com a sensação de que podia ter feito e não fiz, isso não faz parte de mim! Gosto de pessoas, de as ajudar de as orientar e abrir portas, claro que muitos investimentos falharam, terão resultado 1 em 10, mas mais do que dez correram bem e foram bons, e se não os tivesse feito se calhar não teria quase nada!   Mas o mais importante é experimentar e quando as coisas não correm bem temos de aprender, levantar e andar para a frente usando essa experiência para corrigir situações que possam aparecer no futuro. INPM» É frequente ouvirmos investidores que defendem a ideia de que “A receita do sucesso está em atuar apenas no seu círculo de competências avaliando apenas negócios que entende bem”, no entanto o Tim investe em sectores muito variados, isto quer dizer que não partilha desta opinião? Tim Viera» Não acredito nessa fórmula, ou se calhar sou um bocadinho diferente! nunca fui uma pessoa de ter foco só numa coisa, se calhar até faria mais dinheiro, mas era com certeza menos feliz. Gosto de investir, principalmente nas pessoas, que têm talento e conhecimento. Acredito que se fosse mais focado até poderia ser mais rico em dinheiro, mas mais pobre como pessoa, daí achar que eu é que estou a fazer a coisa certa. Sou feliz assim, mas claro que isto é diferente para todos. INPM» O que é que o motiva e como é que consegue gerir atividades tão diversas como a agricultura o imobiliário, media, turismo, software e até mesmo o cinema? Tim Viera» O segredo é ter pessoas boas à nossa volta, com mais conhecimentos do que eu, é ter paixão pelo que estamos a fazer e gostamos de fazer. É importante ter um   networking forte, cá estão mais uma vez as pessoas, fazer bons relacionamentos. É isto que faz ter sucesso em áreas diferentes e me motiva. Gosto de acreditar e de ajudar, principalmente de abrir portas. INPM» Quando avalia uma ideia de negócio o que é mais importante? Tim Viera» O importante é obviamente perceber que tem uma equipa capaz de fazer a ideia ter sucesso, conseguir fazer bem o deliver e se essa ideia já tem o of take, ou seja, alguém que já demonstrou interesse nela, ou melhor ainda, se essa ideia já está fechada a alguém, então ainda melhor. Mais do que, isto é, quem a trabalha e quem a vai gerir. INPM» Quais são os investimentos que nesta altura merecem mais atenção? Tim Viera» De momento o sector do turismo com 3 hotéis. O primeiro a abrir é na Ericeira, no início do próximo ano. O sítio é espectacular, num prédio que esteve muitos anos abandonado. É um hotel dirigido ao surf, para aqueles que gostam e para quem não aprecia e para as famílias, queremos criar experiências. Vai ser muito positivo para a zona da reserva de surf, para a comunidade. Vamos, entretanto, começar a construir no Alqueva um hotel numa propriedade de 49 hectares que vai ser off the grid, auto sustentável ao produzir toda a energia que utilizarmos, com a preocupação de melhorar em termos de ambiente a zona. Este é um projeto que envolve muitas equipas de especialidades diferentes, estamos por exemplo a trabalhar com a National Geographic para ajudar animais a desenvolverem-se numa reserva que está a ser criada. Depois temos os Açores, com um grande potencial e com um projeto que estamos a trabalhar na Ilha de S. Miguel que vai ser único, original. Estamos muito empenhados em oferecer mais do que boa comida e boa mesa, isso hoje em dia já não chega, queremos fazer a diferença, queremos dar às pessoas “super-experiências” para se lembrarem e falarem. Também estamos a trabalhar num Fundo ligado à Hotelaria e a trabalhar de perto com investidores da África do Sul, Brasil e de outros países emergentes. Mas também estou mais focado na minha família, em mim próprio! Vou passar a dar mais tempo aos projetos maiores e deixar os mais pequenos que levam o mesmo tempo só que às vezes dão muitas “dores de cabeça”.

Leia o artigo na íntegra, sendo assinante da nossa revista!

Timothy Alexander Vieira, better known as Tim Vieira, was born on July 18, 1975 in Johannesburg, South Africa. He studied business management / administration at the University of South Africa (UNISA), training that he interrupted to create his own business in 1993, a brewery in South Africa, one of the first independent beers in that country. He attended the Executive Program at the Chicago BOOTH School, London.


INPM »We went back in time, up to his 15/16 years, when he started by renting VHS and Beta video tapes, until today, can you tell how many businesses you have already invested in? Tim Viera» There were so many that, to be honest, I can't be sure of the number, but I can say it's over 100! For me, more important than being aware of the number of investments is to experiment, to try, in what I believe can result. I don't like feeling like I could have done it and I didn't do it, that's not part of me! I like people, helping them to guide them and open doors, of course many investments have failed, they will have resulted in 1 in 10, but more than ten went well and were good, and if I hadn't done them, I would have almost nothing! But the most important thing is to experiment and when things are not going well we have to learn, get up and move forward using that experience to correct situations that may arise in the future. INPM »We often hear investors who defend the idea that“ The recipe for success lies in acting only in your circle of skills, evaluating only businesses that you understand well ”, however Tim invests in very different sectors, this means that he does not share of this opinion? Tim Viera» I don't believe in that formula, or maybe I'm a little different! I was never a person to focus on just one thing, maybe I would even make more money, but I was certainly less happy. I like to invest, especially in people, who have talent and knowledge. I believe that if I were more focused I might even be richer in money, but poorer as a person, so I think I am doing the right thing. I am happy like that, but of course this is different for everyone. In this edition of INPortugal Business & People Magazine, we got to know who Tim Vieira is - the face of several international projects, in a conversation with a very good mood and positive energies;


INPM »What motivates you and how can you manage activities as diverse as agriculture, real estate, media, tourism, software and even cinema? Tim Viera» The secret is to have good people around us, with more knowledge than me, is to have passion for what we are doing and we like to do. It is important to have strong networking, here are more once people, make good relationships. This is what makes me successful in different areas and motivates me. I like to believe and help, especially to open doors. INPM » When evaluating a business idea what is most important? Tim Viera» The important thing is obviously to realize that there is a team capable of making the idea successful, being able to deliver well and if that idea already has the take, that is, someone who has already shown interest in it, or better yet, if this idea is already closed to someone, so even better. More than, that is, who works it and who will manage it INPM »What are the investments that deserve more attention at this time? Tim Viera» The tourism sector currently has 3 hotels. The first to open is in Ericeira, early next year. The site is spectacular, in a building that was abandoned for many years. It is a hotel aimed at surfing, for those who like it and for those who don't like it and for families, we want to create experiences. It will be very positive for the surf reserve area, for the community. In the meantime, we are going to start building a hotel on a 49-hectare property in Alqueva that will be off the grid, self-sustaining by producing all the energy we use, with a view to improving the area in terms of environment. This is a project that involves many teams of different specialties, for example we are working with National Geographic to help animals develop in a reserve that is being created. Then we have the Azores, with great potential and with a project that we are working on on the island of S. Miguel that will be unique, original. We are very committed to offering more than good food and good food, this is not enough nowadays, we want to make a difference, we want to give people “super experiences” to remember and talk about. We are also working on a Fund linked to Hospitality and working closely with investors from South Africa, Brazil and other emerging countries. But I'm also more focused on my family, on myself! I'm going to give more time to bigger projects and leave smaller ones that take the same amount of time, but sometimes they give a lot of “headaches”. (...)

Read all article in our Business Magazine as Subscriver***

0 visualização
0CARRINHO
Quem somos